Manutenção Preventiva

A Manutenção preventiva e periódica é o suporte que todo sistema necessita para garantir a melhor e mais eficiente operação dos equipamentos, garantido a estabilidade do produto armazenado. As ações de manutenção e periodicidade devem se basear nas especificações dos fabricantes e as necessidades próprias da instalação.

O plano de manutenção preventiva é elaborado em cima dos principais pontos:

Garantir a vida útil dos equipamentos: ações que visam a durabilidade dos componentes.

Evitar perdas do produto armazenado: paradas emergenciais nos sistemas de refrigeração colocam em risco a estabilidade do produto armazenado, ocasionando a perda da mercadoria.

Elevar a eficiência do sistema de refrigeração: ações programadas para garantir que os sistemas operem na eficiência em que foram calculados. 

Inspeção e acompanhamento: Com inspeções regulares e frequentes na instalação podem ser encontradas diferentes anomalias do sistema, como vazamentos, problemas de rotação dos ventiladores, falta de isolamento em linhas, danos físicos, quebra de sensores, entre outros.

Manutenção Corretiva

A manutenção corretiva é aquela realizada após a ocorrência de uma falha e visa restaurar a capacidade produtiva de um equipamento ou instalação, que esteja com sua capacidade de exercer as suas funções reduzida ou cessada. Possuímos uma equipe técnica que irá lhe atender o mais breve possível, evitando assim perda de produtos e parada na sua linha de produção.

Contrato de Manutenção

A FASTEC oferece ao mercado o Contrato de manutenção preventiva/corretiva, onde o seu sistema tem total cobertura em qualquer necessidade de manutenção corretiva e um plano específico de manutenção preventiva que é realizado por nossos profissionais periodicamente. Cada sistema possui suas particularidades e pontos críticos, com base nessas características elaboramos o Plano de Manutenção que assegure de uma maneira mais efetiva o seu sistema.

Contate-nos!

Limpeza: A limpeza externa e interna do sistema de exerce um papel fundamental na capacidade da instalação frigorífica e afetam diretamente a eficiência.

Calibração e testes: Durante a vida útil da instalação frigorífica, os equipamentos são submetidos a diferentes condições de carga, temperaturas de câmara ou temperatura ambiente, é possível que seja perdido gás refrigerante ou que seja trocado algum componente. Para trabalhar corretamente, é importante que o sistema seja calibrado periodicamente, levando em consideração as principais ações:

  • Verificação de carga de gás refrigerante e óleo;

  • Calibração de pressostatos e proteções de sobrecarga;

  • Ajuste de superaquecimento;

  • Verificação da correta operação dos controles de capacidade (compressão e condensação);

  • Verificação da programação de degelos.

Além da calibração dos diferentes pontos acima mencionados, deverão ser realizados testes de todas as proteções elétricas e mecânicas do sistema, verificando uma correta atuação para evitar futuras falhas.